FAVAS...

http://www.gardenersanonymous.com/the_gardeners_anonymous_b/images/2007/05/02/favas_in_bowl.jpg

 

 

O mês de Maio está prestes a chegar ao fim e as favas também...ou seja, como diz o ditado popular, Maio as trás...Maio as leva...

A minha mais nova amiga Bete, dizia-me há dias que não conhecia muito bem este alimento, a não ser através da expressão "Vai à Fava"...que é como quem diz..."não me aborreças...etc...etc..."

Pois bem, eu conheço-as desde criança, sobretudo de as ver crescer na horta da minha avó, de as descascar e de as comer...mas, só hoje resolvi saber mais a respeito das ditas...

E basicamente que...são leguminosas oriundas do Perú e muiiiiito nutritivas, é claro.

Para mim, as melhores, são as que se cozinham em minha casa ou seja, o cheiro, o paladar, a côr, o tempero, enfim, tudo o que a memória guarda e me leva de retorno às minhas origens, funciona como que um ideal, um marco, uma bitola e... a partir daí...é isso...são as melhores...

E então...como são cozinhadas?

Muito simples...

Depois de se apresentarem como na imagem, mas sem aquele apêndice...que se tira com a unha...para ficarem mais bonitas...cozem em água e sal. Convém que sejam tenrinhas, claro...

À parte, e numa frigideira larga, colocam-se rodelas de bom chouriço de carne e tirinhas de toucinho de porco. Se o toucinho for "gordinho" não precisa de levar outra gordura. Fritam-se bem estas duas carnes e juntam-se as favas escorridas da água, claro. Temperam-se com folhas verdes de alhos (que se colhem em Junho...), partidas em bocados largos. Abafam-se um pouco para ganharem aquele paladar especial e depois saboreiam-se, mas é melhor não abusar muito, porque é um prato que apesar de "peitoral", é também  pesadote...

Então não é recomendável?...Eu tenho um segredo...No fim do repasto...que tal um licorzinho?   Experimentem...

sinto-me:
música: ...aquela do nosso José Cid...
publicado por Belisa Vaio às 18:07 link do post | comentar | favorito