Ter tempo para o silêncio...

 

Felizmente, a minha vida actual,  permite-me ter mais tempo para o silêncio...

Noutros tempos, como todas as pessoas com encargos familiares e profissionais, num corre-corre diário, ansiava pela altura em que pudesse "parar" mais vezes...

Agora, com a aposentação e a aproximação à velhice(...é verdade...), também chegou o tempo mais largo...e o tempo do silêncio...

Penso que o silêncio é o grande amigo que nos possibilita o encontro connosco, que nos dá espaço e que nos ouve...

Mas por vezes o silêncio também pode chegar acompanhado, o que , de algum modo, pode enriquecer o momento...

Ora as minhas viagens são, por norma, boas ocasiões de viver o silêncio pois viajo sozinha, na minha companhia...e dos meus pensamentos...

E assim foi hoje...saboreando o Sol e a alegria da luminosidade e a nostalgia das cores douradas do Outono que se aproxima, recolhi-me no coração e agradeci ao Criador a harmonia do Universo...

Eis senão quando me apercebi que, na rádio, George Harrison me acompanhava, invocando igualmente a Deus...