Conversas intermináveis...

 

Quando Hillary Clinton atravessava uma das suas crises matrimoniais, ao ser questionada pelas razões pelas quais não abandonava o marido infiel, respondeu:

 

" Começámos a conversar há cerca de 30 anos e ainda não parámos de conversar!".

 

Como eu a compreendo!

Felizes os relacionamentos que se alicerçam na Conversa!

E não estou a referir-me só à conversa/diálogo absolutamente indispensável á resoluçao dos problemas do casal!

Não! Estou a falar das outras conversas!

Nada mais gratificante que ter ao lado alguém, que apesar de todas as outras diferenças, é aquele Companheiro disponível para uma conversa estimulante!

Que bom é pegar em qualquer assunto de ocasião e a partir de um clic, entrar por um caminho em busca de conhecimento iluminado, construído e partilhado, animado e até controverso mas que, no fim, deixa  sempre uma  doce emoção, pela certeza de, mais uma vez, ter havido o desejo de um crescimento mútuo!

Sabem...aquelas conversas de encher a Alma?!

 

Como seria se todos os casais tivessem esse dom? Eu diria até, Graça!

 

Que o diga Hillary Clinton!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
música: Um dia de Domingo
publicado por Belisa Vaio às 08:40 link do post | comentar | favorito