O fio da meada

 

Já não escrevo há uns dias...o que não quer dizer que tenha andado menos atenta...

Na verdade a Vida passa o tempo a questionar-me e como as respostas nem sempre chegam prontas, continuo,  dias e dias a fio, a tentar descobrir o tal...o fio da meada !...

Ultimamente o imbróglio tem a ver com o Ser Humano. Nenhum problema especial, nem de saúde, nem familiar, nem económico, nem cultural, nem político, portanto, o mais importante de sempre...a convivência humana.

E tem dado pano p'ra mangas...horas e horas de sérias e animadas conversas. 

Tenho a Felicidade de ter um grupo de AMIGOS (os e as) que levamos muito a peito a necessidade de evoluir espiritualmente, e daí a nossa atenção permanente ao comportamento de cada um de nós, próprio e de todos em particular. Não é policiamento...não... é antes a tentativa de compreensão do que leva A ou B a tomar esta ou aquela atitude...

Este questionamento leva, com humildade, cada um a  desnudar-se e a aceitar uma critica ou um conselho, a colocar-se no lugar do outro e a entender o menos óbvio, a aceitar que somos todos muito diferentes, mas por isso mesmo, que estamos todos muito ligados, ou seja, completamo-nos.

Os comportamentos, nossos e dos outros, enformam a nossa Vida. Ela constrói-se com eles. Não vivemos isolados, somos seres sociais e quanto melhores os nossos relacionamentos, melhor a Vida de todos.

A tal minha Lua em Peixes é um pouco responsável por este meu tipo de sensibilidade relacional. É o modo como decorrem os meus relacionamentos que me "alimenta".

Esta resposta deu-ma a Astrologia quando há cerca de 10 anos me fizeram a minha carta astral. Notável! Aconselho vivamente! A Astrologia ajudou-me a tomar melhor consciência de mim própria e a aprender a compreender melhor os que me são próximos.

Cada signo distingue-se pelas suas características em sentido lato, melhora se tivermos mais dados e ajuda muito a entender porque é que somos tão diferentes uns dos outros!

A Numerologia, outro saber que me fascina, ajuda a entender o percursso que cada um de nós está a fazer aqui por onde anda...e não erra!! Garanto!

Pois é...as questões são muitas, os caminhos diversos, todos estamos em patamares de evoluçao  diferentes, mas desejando subir sempre mais e mais.

Estamos aqui para aprender uns com os outros.

E procurar descobrir qual a nossa missão nesta Vida.

Eu descobri a minha.

Sou Feliz.

      

        

sinto-me:
música: Amigos para sempre
tags:
publicado por Belisa Vaio às 22:09 link do post | comentar | favorito