Diferença de idades

almas gemeas.jpg

 

Hoje na TV falava-se sobre romances entre pessoas com grande diferença de idades.

Uma "jovem" de 36 casada com um senhor de oitenta e tal, nem fixei...A Madona de 51 encantada por um brasileiro de 21, creio eu, e outros exemplos de como a vida nos pode surpreender e esbarrar em todos os conceitos e preconceitos..

A minha reflexão de hoje, é apenas minha, é claro, mas vou deixá-la registada aqui, até porque não sei como poderei pensar um dia mais tarde...

Nós, seres pensantes, somos mesmo isso, pensantes, e por conseguinte com uma tendência natural para alterar pensamentos e consequentemente, conceitos. 

Culturalmente,  fui habituada a ver e a constatar que um casal é formado por um homem e uma mulher, sendo, por norma, ele mais velho.

Como é óbvio, não vou incluir neste texto qualquer comentário à alteração de conceito de casal, que se constata poder ser também homem/homem ou mulher/mulher.

Vou apenas centrar-me na diferença de idades.

No meu tempo, o que levaria a que as mulheres procurassem casar com homens mais velhos seria, talvez, a necessidade empírica de se sentirem protegidas.

Nada mais duvidoso! A Vida, ensinou-me que, nos homens, idade não significa maturidade ou responsabilidade.

Felizmente a mulher tem vindo, paulatinamente, a tornar-se senhora do seu destino, sem depender do homem e, por isso, a afirmar-se cada vez mais responsável por si própria.

E começam a surgir casais em que a mulher, experiente e independente se torna fascinante para um jovem aprendiz em todas as dimensões da vida e  tenta rejuvenescer ilusoriamente ,vendo-se ao espelho, na sua jovem conquista .

Ou homens serôdios, mas imaturos e inseguros, que p'ra contrariar a decadente natureza, se agarram desesperadamente a jovens, viçosas e vivaças, que na primeira oportunidade não hesitam em os colocar no devido lugar...

São felizes? Bem, a  Felicidade é feita de momentos!

Ela existe e eu também acredito nela!!

Eu acredito, acima de tudo que ainda há encontros de verdadeiras almas companheiras,que, independentemente da diferença de idades, se complementam na alegria partilhada de viver a Vida com intensidade  e com verdadeiro Amor!!   

sinto-me: Feliz!
tags:
publicado por Belisa Vaio às 23:56 link do post | comentar | favorito